Bom de Bola e XI de Agosto representam Tatuí em torneio

99
Foto: Divulgação
Da redação

Assim como no ano passado, jovens jogadores tatuianos disputarão a “Copa Ouro”. Desta vez, além do Bom de Bola, o XI de Agosto participará da competição de futebol de base, promovida pela APF (Associação Paulista de Futebol).

Contudo, as duas agremiações competirão com outros nomes. Após representar o Grêmio Barueri em 2020, o Bom de Bola jogará defendendo o Atlético Amazonense, de Manaus (AM), enquanto o XI de Agosto atuará como Litafu (Liga Tatuiana de Futebol).

Conforme Diego Barros, idealizador do projeto “Bom de Bola, 10 na Escola”, a equipe poderá participar novamente do certame por ter fechado uma parceria com Henrique Barbosa, presidente do clube manauara. “Hoje, a intenção é fortalecer a marca Atlético, além das fronteiras do Amazonas”, declarou.

No entanto, o treinador garante que o time “defenderá a camisa do Atlético Amazonense, representando Tatuí na competição, com 100% de garotos pertencentes ao projeto Bom de Bola”.

Barros afirma “haver uma carência muito grande de boas competições na atualidade”. Segundo ele, em alguma delas, dependendo do desempenho, as equipes podem fazer somente duas partidas ao longo do ano.

“Isso é muito pouco pelo trabalho realizado, pelo volume de treinamentos e por usarmos o futebol como ferramenta de inclusão social, melhorando o convívio familiar e escolar”, aponta.

“Por conta disso, precisamos buscar alternativas de competições com um calendário mais atrativo. Desta forma, será possível manter uma frequência maior dos garotos em nossas atividades”, complementa Barros.

Na semana passada, a APF divulgou os grupos da primeira fase do torneio, nas categorias sub-11 e sub-13 de 2021. Conforme a associação, a competição, com início previsto entre o final de fevereiro e começo de março, terá a presença de 17 agremiações.

Os grupos do certame foram regionalizados, para facilitar dos custos de viagem. Nas duas categorias, o Atlético Amazonense e a Litafu estão no grupo C, ao lado de José Bonifácio FC, CA Taboão da Serra, EC Osasco e Comercial EC de Salto.

Ainda participarão do torneio: EC Taubaté, Flamengo de Guarulhos, XV de Caraguatatuba, Jaguariúna FC e CA Taboão da Serra/Real Águia, no grupo A; e AD São Caetano, Mauá FC, São Vicente AC, Referência FC e Jabaquara Jabuca B (este apenas na sub-13), no grupo B.

Conforme o regulamento, na fase inicial, as equipes se enfrentarão dentro de cada grupo em turno único, classificando-se as duas primeiras colocadas, além das duas melhores por índice técnico dos times restantes, para as quartas-de-final.

Esta etapa e as seminais serão disputadas em partidas com mando da equipe de melhor campanha na somatória de todas as fases anteriores. Já a finalíssima da Copa Ouro 2021 será com mando da APF.

Nas etapas eliminatórias, caso a partida termine empatada durante o tempo regulamentar, a decisão será na cobrança de cinco pênaltis para cada equipe. Caso persista o empate, serão feitas cobranças alternadas até que saia o vencedor.