Alessandro Lirola pede ‘renúncia’ da disputa ao cargo de prefeito

576
Publicidade
Da reportagem

O pré-candidato do PDT (Partido Democrático Trabalhista) a prefeito de Tatuí, Alessandro Lirola, protocolou, na Justiça Eleitoral, pedido de desistência da candidatura nas eleições deste ano. O documento foi apresentado na quinta-feira, 24, alegando motivos de “foro íntimo”.

Nesta terça-feira, 29, a O Progresso, Lirola confirmou a retirada da candidatura. Ele havia sido registrado como candidato em 10 de setembro, após oficializar a disputa ao cargo em convenção do partido, realizada em 5 de setembro, no diretório da sigla.

Lirola tinha como candidato a vice-prefeito Gildo Pereira de Andrade, Pastor Gildo (PDT), em chapa única, sem coligação. Até às 16h desta terça-feira, 29, o pedido de renúncia aguardava a homologação do juiz eleitoral.

Conforme Lirola, os 22 candidatos que aguardam registro para concorrer a uma cadeira na Câmara vão continuar na disputa. Em reunião, eles decidiram dar apoio à chapa do candidato a prefeito Valdeci Proença (Podemos), que tem como vice Lúcia Maciel Aguiar, Doutora Lúcia (Podemos).

Esta seria a primeira vez que Lirola participaria do pleito como candidato a prefeito. Em 2004, ele chegou a disputar como candidato a vereador, mas, por 11 votos, não alcançou o número necessário para ocupar uma cadeira no Legislativo.

Publicidade
Publicidade