Álbum de Família 1º/04/2020

379
Foto: divulgação

Banco de Sangue realiza coletas extras para socorrer hemonúcleo

O Lions Clube informou, nesta semana, que o Hemonúcleo do Hospital da Unesp/Botucatu, parceiro do Banco de Sangue “Fortunato Minghini”, da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, está precisando de apoio em razão de ter caído muito a doação de sangue na unidade.

Por isso, na terça-feira, 24, e quinta-feira, 26, as coletas de sangue em Tatuí – seguindo todas as recomendações sanitárias – foram em prol ao Hemonúcleo de Botucatu.
Não aconteceram aglomerações, pois os horários das consultas foram agendadas por telefone.
Na terça, foram 18 bolsas e, na quinta, coletadas e encaminhadas outras 29 para Botucatu.
Em Tatuí, a situação da coleta está normal, mesmo com a pandemia. O Banco de Sangue “Fortunato Minghini”, fundado pelo Lions Clube de Tatuí, faz a coleta às terças e quintas, sempre das 7h às 9h. O agendamento da coleta pode ser feito pelo telefone: (15) 3205-1333.


Rotaract: do mundo para Tatuí

No dia 13, comemorou-se o Dia Mundial do Rotaract Internacional. Os “Rotaracts” são clubes de serviços, compostos por jovens de 18 a 30 anos, “dedicados a agir em favor da sociedade através de ações e projetos, além de contribuir para o desenvolvimento dos sócios”.

Fundado em 18 de abril de 1990, o Rotaract Club de Tatuí completa, neste mês, 30 anos de existência, levando os sócios a aprenderem a trabalhar em conjunto, “reconhecendo os pontos fortes e fracos uns dos outros e usando isso para por em prática o real sentido de companheirismo: o apoio e incentivo ao crescimento pessoal e profissional do outro, ajudando a crescer, superando suas dificuldades, como uma verdadeira escola de liderança”, conforme o clube de serviços.

“Em todos esses anos, o clube deixou um legado ao realizar trabalhos na área da saúde, educação, meio ambiente e recreação, porque se preocupa com as necessidades da sociedade, não apenas imediatas, como a falta de alimento, mas também as que trarão benefícios a longo prazo para muitas pessoas em diferentes tempos, como a reforma dos leitos da Santa Casa”, ainda segundo a entidade.

Para os companheiros, “doar não é juntar muita coisa, em um momento de desespero, para entregar para alguma instituição, mas usar o dinheiro e recursos que se tem de maneira consciente, investindo em coisas mais duradouras e pensando sempre que os beneficiados são merecedores e, através da ajuda prestada, conseguirão se sustentar”.

Semelhantemente, o Rotary Club de Tatuí, fundado em 29 de agosto de 1947, cujo primeiro presidente foi Francisco Camargo Penteado, “destaca-se como um clube muito ativo e, assim como os rotaractianos, tem satisfação em realizar, porque acreditam que comemorar o sucesso de um evento ou projeto é bom, mas a sensação de dever cumprido, de ter conseguido, com as próprias mãos, fazer algo em favor do próximo é muito melhor”, conclui o clube de serviços da cidade.