Adolescentes e jovem acusam parente de 52 anos de estupro

937
Da redação

Um homem de 52 anos acabou detido, na tarde de quinta-feira, 6, acusado de abusar sexualmente de duas adolescentes e uma jovem de 21 anos. O suspeito foi levado pela Guarda Civil Municipal à Delegacia de Defesa da Mulher.

Conforme a GCM, uma equipe foi acionada para ir a uma residência na vila Brasil, após uma das vítimas ter contato a uma parente que sofria abusos de um membro da família. As outras vítimas, que residem no mesmo bairro, também teriam afirmado ter sofrido abusos do mesmo homem.

De acordo com a GCM, a equipe conduziu as vítimas à DDM para prestar declarações. A jovem relatou que sofria abusos do suspeito durante a adolescência. Os guardas abordaram o acusado no trabalho dele, levando-o à delegacia. Durante interrogatório, ele negou as acusações.

A reportagem de O Progresso apurou que o Tribunal de Justiça negou o pedido de prisão temporária de 30 dias – prorrogável por mais 30 dias – do suspeito. Ele aguardará o inquérito policial em liberdade.

Ao término inquérito, há possibilidade de novo pedido de prisão preventiva. Caso a solicitação seja aceita, será expedido mandado de prisão contra o suspeito. No entanto, se houver uma segunda negativa, o homem será sentenciado ou absolvido após passar por julgamento definitivo no Poder Judiciário.

As vítimas passaram por exames psicológicos e de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) e aguardam os resultados.