Acesso permitirá que ‘sonho’ volte a ser objeto de debates

257
Publicidade





O anúncio da viabilização de novo viaduto para a rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127) reascendeu um projeto do Executivo. O prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, declarou que a obra pode facilitar a transferência do paço municipal.

A proposta havia sido antecipada com exclusividade a O Progresso em março do ano passado, pelo vice-prefeito Vicente Aparecido Menezes, Vicentão. Na ocasião, ele também ocupava o cargo de secretário municipal de Governo e Segurança Pública, tendo afirmado que o atual prédio era inadequado.

O vice-prefeito declarou que o local poderia ser recuperado sem investimento público. Vicentão alegou que, por conta do crescimento da cidade, o paço precisaria ser revitalizado – obras que já estão em fase de conclusão.

Na época, em função da situação financeira do município, ele defendeu a viabilização de uma PPP (parceria público-privada) para financiamento do custeio das obras. Também afirmou que o Executivo iniciaria estudo de viabilidade para construção de um novo paço municipal.

Publicidade

Em 2013, duas regiões da cidade eram cogitadas para receber a obra, sendo a primeira próxima da rodovia Castello Branco (SP-280) e a segunda, nas proximidades do novo fórum da comarca, na qual o Executivo tem 24 mil metros quadrados.

Para tanto, Vicentão disse que a Prefeitura teria de buscar recursos junto ao Banco Mundial, discussão que deve ser retomada pelo prefeito. De acordo com o vice-prefeito, a vinda de recursos teria de ser autorizada pelo Senado Federal.

O prefeito não comentou sobre as origens dos recursos para o investimento. Disse, apenas, que se trata de um projeto futuro. “O meu sonho é levar a Prefeitura para aquele lado da SP-127, onde há vários empreendimentos”, concluiu.


Publicidade