Ação fecha comércio de Tatuí com mais de 200 pessoas na noite de 6ª

Outros 2 estabelecimentos são notificados por falta de alvará e aglomeração

817
Publicidade
Da redação

Na noite de sexta-feira, 4, um estabelecimento comercial da rua Capitão Lisboa, no centro, foi fechado pelo Departamento de Fiscalização da prefeitura, por descumprimentos das novas medidas de restrição adotadas pela cidade.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o local estava com cerca de 200 pessoas, incluindo menores de idade, todos sem máscaras. O proprietário foi conduzido para a Delegacia Central para prestar esclarecimentos.

Ainda segundo a prefeitura, na mesma noite, dois outros estabelecimentos foram autuados na cidade, um por estar sem alvará e outro por aglomeração – o nome ou tipo de comércio dos estabelecimentos não foram divulgados.

As fiscalizações estão sendo realizadas pelo Departamento de Fiscalização da prefeitura, com apoio da Vigilância Sanitária e Guarda Civil Municipal.

Os decretos com mais restrições foram expedidos na tarde de quarta-feira, 2, em prevenção à Covid-19, suspendendo o atendimento presencial em estabelecimentos comerciais considerados não essenciais depois das 21h.

Publicidade

A nova regra segue até 15 de junho e é uma determinação do Comitê de Prevenção e Enfrentamento da Covid-19, devido ao aumento dos casos positivos na cidade.

Pela nova determinação, ficam suspensos os atendimentos presenciais em toda e qualquer atividade após as 21h em Tatuí, com exceção das indústrias, farmácias e serviços de saúde e emergência, inclusive veterinários.

Após esse horário, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar apenas no sistema delivery, até as 24h.

Também estão suspensas as atividades esportivas coletivas e ficará vedada a realização de torneios internos, campeonatos e ou competições internas, inclusive de modalidades esportivas individuais.

O município ainda prorrogou a proibição de aluguéis de chácaras de recreio, sob a pena de multa que varia de acordo com o Código Sanitário Estadual, entre R$ 290,90 e R$ 290.900, nos valores atuais.

Conforme a prefeitura, o Departamento de Fiscalização irá atuar com apoio da Guarda Civil Municipal. Os decretos editados nesta quarta podem ser conferidos nos links: https://bit.ly/3uEP2lS, https://bit.ly/3vN1PUC, https://www2.tatui.sp.gov.br/atos-oficiais e em http://tatui.sp.gov.br/coronavirus.

Publicidade