74% estão tendo transtornos em função de greve dos bancários

256
Publicidade





Embora previsto na Constituição, o direito de greve que todo trabalhador tem pode gerar descontentamentos para quem utiliza serviços. É o caso da paralisação registrada em Tatuí. Pelo menos é o que sugere o resultado da enquete virtual promovida pelo jornal O Progresso no decorrer de uma semana.

A pesquisa realizada por meio de “O Progresso Digital” (www.oprogressodetatui.com.br) aponta que a maioria dos leitores está tendo transtornos em função da greve dos bancários. 74% responderam “sim” à questão levada ao ar na tarde de sábado, 5.

Os leitores tiveram até a tarde de sexta-feira, 11, pouco antes do fechamento desta edição, para opinar. O resultado final apontou que apenas 26% dos participantes responderam que “não” estão tendo transtornos por conta da greve em Tatuí.

Na cidade, a greve entrou na terceira semana e envolve cinco agências, sendo duas de dois bancos públicos e uma de uma instituição financeira privada. Cruzaram os braços, desde o dia 3 de setembro, bancários de duas agências da Caixa Econômica Federal, duas do Banco do Brasil e uma do Mercantil Brasil.

Publicidade

Os bancários de Tatuí são filiados ao Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região. A entidade pleiteia, com o movimento, reposição salarial de 11,93% (5% de aumento real, mais correção da inflação), aumento da PLR (participação em lucros e resultados), piso salarial de R$ 2.860 e 13a cesta básica.

Também consta na meta da entidade classista o fim das chamadas “metas abusivas” e do assédio moral. O sindicato pede, ainda aos banqueiros, mais segurança para os funcionários e equiparação salarial entre homens e mulheres.

A entidade agendou para a tarde de sexta-feira (após o fechamento desta edição) assembleia para discutir se a categoria continuará, ou não, com a greve. O resultado do encontro entre os representantes do sindicato e dos banqueiros e entidades representativas dos empresários será divulgado na semana que vem.

Para esta semana, a enquete traz assunto considerado polêmico: a realização do “Tatuí 2013 Rodeio Festival”, agendado para os dias 17, 18, 19 e 20 deste mês. O evento conta com provas de montaria de bois e shows sertanejos.

Ele é alvo de manifestação do vereador José Márcio Franson (PT) que enviou ofício ao Ministério Público solicitando cancelamento (matéria nesta edição).

O parlamentar alega que o evento não obedece decreto estadual – que proíbe rodeios em área urbana – e diz que não é contrário aos shows. Franson também afirmou que a festividade representaria “tortura aos animais”.

Em função disso, o jornal questiona: “Você é contra ou a favor da realização do ‘Tatuí 2013 Rodeio Festival’?”. A questão pode ser respondida com “sim” ou “não” a partir da tarde deste sábado, 12, Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil

As votações seguem até a sexta-feira desta semana, dia 18, com resultados finais publicados na edição do dia 20 de dezembro, próximo final de semana.


Publicidade