2º Edital Municipal de Cultura da Lei Aldir Blanc é homologado

Prefeitura de Tatuí divulga a lista dos projetos contemplados 

28
Edital é homologado pela Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

A prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude e do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Fiscalização da Lei Aldir Blanc – LAB, homologou o resultado do edital de cultura 02/2021, de concessão de prêmios – inciso III da lei de emergência cultural 14.017/2020, a Lei Aldir Blanc.

A análise dos recursos e a homologação do resultado foram feitos em reunião on-line na última sexta-feira, 10, conduzida pelo suplente do presidente do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Fiscalização da Lei Aldir Blanc, Rogério Vianna.

O ato contou com a participação da comissão de avaliação – estabelecida pela resolução 06, de 26 de novembro de 2021 e publicada no site da lei da emergência cultural da prefeitura de Tatuí -, que é composta por Carmen Brígida Negrão, José Marcos Pavanelli e Priscila Carla Simões.

Os contemplados participaram de uma reunião presencial nesta segunda-feira, 13, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires”, o CEU das Artes. No encontro, foram discutidas questões administrativas, visto que o repasse aos contemplados deverá ser realizado em uma única parcela até o dia 31 de dezembro.

A homologação do resultado pode ser acessada no link https://bit.ly/3GKnQsx. Em caso de dúvidas, basta enviar um e-mail para cultura@tatui.sp.gov.br, ou ir até o Museu Histórico “Paulo Setúbal”, na praça Manoel Guedes, 98, centro, de terça a sexta-feira, das 13h às 17h.

Publicidade

Projetos contemplados 

No módulo 1, “Festivais, Encontros e Mostras”, para pessoas físicas gestoras de espaços culturais (com registro no Cadastro Municipal de Cultura como espaço cultural), o resultado preliminar contempla seis projetos, no valor de R$ 6.000 cada um sendo:

Mostra Cultural “Um Grande Encontro Caipira”, de Cleonice de Andrade Oliveira; Mostra Multimídia “100 Anos da Arte Brasileira”, da Associação Brasil Cultural; “O Ar que tem na Arte”, de Mirella Arena da Silva; “1º Encontro de Cultura Caipira – Nossa Trupe Teatral, de Rodrigo Cassiano da Costa; “Encontro Banquinho e Violão – Música e Gastronomia”, de Rodrigo Soares de Campos; e “II Seminário de Dança de Tatuí”, de Renan Roberto Benavides.

No Módulo 2, “Tatuí Capital da Música”, voltado para apresentações musicais em qualquer categoria, 20 projetos foram contemplados com R$ 2.000 cada um, sendo: “Bruno Bones”, de Bruno de Souza Santos; “Duo Casa Forte: Sons de Casa – Canções do Nosso Tempo”, de Reginaldo Cesar Silva de Almeida; “Sextando – Paulo Flores e Cambanda Jazz Combo”, de Paulo Eduardo Flores; “Chorando em Tatuí”, de Rafael Felipe de Oliveira Meira; “Canta Saudade”, de Fernando José Pires; “Piano com Café”, de Maria Antônia de Souza Pacheco Negrão; “Quarteto Zacur”, de Marthin Goiano da Silva; “Groove do Tempo”, de Daniel dos Santos Paranhos; “Jazz Ternura”, de Mayara Cristina Silva de Almeida; “Baião Responsável”, de Marjorie Caroline Tiemi Mathuy Mariano; “A Timba de João Machado”, de Carlos Orlando Mendes; “Bravo Tatuí”, de Carlos Henrique de Paula Ribeiro; “Está Escrito”, de Elvis Mendes Leal; “Sonho Impossível”, de Letícia Campos de Oliveira; “Nordeste – Uma Viagem Musical”, de Mariana Valério;  “Jaquie Livino”, de Jaquie Rodrigues Livino de Carvalho; “Bloco de Notas”, de Matheus Jurgen Franz; “Passeio pela Música”, de Magali do Amaral Ribeiro; “Banda Vodkajoe”, de André dos Santos Vieira; “Play On – One Live to Live”, de Natália Domingues de Campos.

Os projetos contemplados no Módulo 3, “Arte da Cidade Ternura”, destinado para artes cênicas, dança, artes visuais, literatura, circo e culturas com temática LGBTQI+, indígenas, afros, urbana, popular, entre outras, com o valor de R$ 2.000 cada um, são:

“Mãe Natureza”, de Renata Cristiane Ramos; “Alma Pueril”, de Amanda de Moraes Cardoso; “Contação de História Livro Brasileirinho”, de Maria Isabel Cardoso Zattera Meira; “Dança nas Escolas”, Silmara Verzinhassi Oliveira; “Confiteor (Confissões de Setúbal)”, de Fernando Ribeiro Goivinho; “Tatuianês”, de Maria Cristina Siqueira; “Apenas Dance (Breaking para Todos”, de Emerson Henrique Dias Pontes; “Os Santos”, de Enrique da Silva Oliveira; “Botão do Pânico”, de Ivan Camargo Gonçalves; “Seu Bonanza em Jogo do Amor”, João Armando Fabbro; “Filosofia em Street Art”, de Diego Wlian do Nascimento Ramos; “Mo Jubá”, de Meriele Paulino de Moraes; “A Visão Além da Vida!”, de Aristides Henrique Ramos; “Armário de Vidro”, de Hélio de Almeida Junior; Espetáculo “Quem Quer? Quem Quer? Matinta Pereira”, de Dalila Ribeiro Santos Guimarães; “O Som da Terra”, por Vincenzo Daldoss, de Vincenzo Augisto Daldoss; “A Fauna Tatuiana pela Visão da Arte Urbana – Parte 2”, de Yuri Calistini; “Corpo Tenso”, de Raissa Maria Vieira de Matos; “12º Encontro Nacional de Capoeira em Tatuí”, de Juliana Rosa de Oliveira; Exposição “Barbie Negra – O Poder da Representatividade”, de Rafaele Lidiane Breves.

No Módulo 4, “Revelando Tatuí”, destinado para coletivo cultural formado com até três integrantes, os contemplados com o valor de R$ 1.200 cada um, são:

“Curso Básico de Vinhos”, de Flavia Ferreira Machado; “Muito Mais que Melodias”, de Gabriel Gregório Vanin; “Oficina de Roteiro de Curta-metragem”, de André Rodrigues Peixoto; “Cineclube Cineastas Brasileiras”, de Camila Cattai de Moraes; “Bicho do Brejo – Só as Autorar!”, de Laís Andressa Paes; “Poesia Fora do Livro”, de Laio de Almeida Marciano; “Música no Céu”, de Merlise Moreira Sousa; “Partes Obscuras”, de Carlos Gonçalves da Hora; “Música e Comunicação”, de Heitor Moizés Salesse; “O Violão pelo Mundo”, de Fernando Thiago da Silva; “O Dia de Todos os Chicos ou A Festa das 5 Horas”, de Tiago Augusto Marcos; “Villa-Lobos, o Som do Brasil!”, de Ivanilda Maria Rodrigues Gama; “Sebolada apresenta: Relatos de Experiências Poéticas e Pandêmicas”, de Paola Lima; “Frevando no Forró”, de Luís Fernando da Silva Pinto; e “Cinema em Concerto”, de Luiz Gustavo Bimbatti Assumpção.

No Módulo 5, “Revelando Tatuí”, destinado para coletivo cultural formado por quatro a oito integrantes, os contemplados com R$ 2.000 cada um, são:

“Treis Causo e o Resto é Prosa”, de Thiago de Castro Leite; “5Olos”, de Kellen Faustinoni; “Seresta na Praça”, de Maria Inês de Camargo Machado; “Mistura Fina”, de Pedro Adilson Pavanelli; “O Samba Conta História e Canta Poesia”, de Rosangela Maria Silva Lourenço; “M Medeiros Grupo de Choro”, de Mario Augusto Pacheco de Medeiros; “Voz de Saudade – A História Contada do Clube São Martinho Continua”, de Alan Feliciano de Souza; “Cobogó Constrói”, de Gustavo Capucho Carvalho; “O Vírus em Mim”, de Cildete Saroba Vieira dos Santos; e “Trio Bravo Electro”, de Júlio César de Oliveira.

Já no Módulo 6, “Revelando Tatuí”, destinado para coletivo cultural formado com mais de oito integrantes, os contemplados com R$ 3.400 cada um são:

“Cururu – Patrimônio da Nossa Terra – Desafio Poético ao Som das Violas”, de Zacarias Camargo; “Uma Roda de Caninha Verde – Variante do Cururu Tradicional – Tradições Musicais de Nossa Terra – Improvisos e Variações”, de Esmerado Donizeti da Silva; “Tropeirinhos do Rancho – Nossa Alegria Contagia – Tradição de Nossa Terra”, de José Adilson Idro Oliveira; “A Arte das Ruas (O Hip Hop vai até Você), de Ricardo Hiroaki Oba; “Teatro em Foco”, de Paula Fernanda de Moura Cleto.

Publicidade