PM prende homem acusado de invadir Apae e furtar alimentos

Suspeito é identificado por imagens do circuito de segurança

587
PM recupera itens furtados e devolve à entidade (foto: divulgação PM)
Publicidade

Um ajudante-geral de 35 anos foi preso, na tarde de sábado, 14, na vila Brasil, suspeito de invadir a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e furtar objetos e itens alimentícios da entidade.

De acordo com a PM, uma funcionária da associação acionou uma equipe informando que uma das janelas estava arrombada e que a unidade havia sido invadida e furtada. Uma equipe esteve no local, teve acesso ao circuito interno de monitoramento de segurança e conseguiu identificar o suspeito.

Conforme o boletim de ocorrência, uma bolsa térmica, uma grade de janela, uma garrafa térmica, um porta-guardanapos e dez quilos de alimentos diversos (arroz, bolacha, farinha de trigo e pão) foram levados da entidade.

Após analisar as imagens, a PM iniciou buscas pelo suspeito e, em contato com a rede de atendimento militar, descobriu o endereço dele. Um homem havia sido abordado, na sexta-feira, 13, por outra viatura e, na hora da revista pessoal, estaria usando as mesmas vestimentas do acusado.

Segundo a PM, o acusado foi encontrado na moradia indicada, com roupas iguais às usadas no momento do furto. Questionado, o homem teria confirmado o crime.

Publicidade

Em buscas pelas imediações da associação, às margens do ribeirão, a equipe militar ainda conseguiu encontrar os objetos furtados. Os itens foram apresentados no momento do registro da ocorrência e devolvidos à entidade.

O acusado, Jeferson de Campos Soares, foi encaminhado ao Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto” e, posteriormente, à Delegacia Central, onde foi autuado por furto qualificado e permaneceu aguardando audiência de custódia.

Publicidade