PM e GCM apreendem mais de mil porções de tóxicos em cinco bairros

Maior volume de entorpecentes foi localizado com jovens de 18 e 19 anos

0
603
Maior apreensão foi realizada pela Guarda Civil no bairro Jardim Aeroporto, no dia 8 de agosto (foto: GCM)
Publicidade
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ações da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal resultaram, em apenas oito dias, na apreensão de mais de 1.100 porções de drogas, sendo 831 de cocaína, 235 de maconha e 45 de crack.

As operações foram realizadas durante patrulhamentos de rotina e após denúncias anônimas, em cinco bairros, entre os dias 8 e 16. Em uma das ações, as forças de segurança tiveram o apoio do canil da GCM. Três pés de maconha foram apreendidos em uma das ocorrências.

O caso de maior apreensão ocorreu na terça-feira, 8, na rua Guararapes, no Jardim Aeroporto. Guardas civis municipais chegaram até o local após denúncia.

Alisson Henrique da Silva, 19, e Michael Vinicius Silva, 18, teriam sido surpreendidos com dez porções de maconha e R$ 160. Eles foram presos e levados ao plantão policial.

Dentro do imóvel, conforme a GCM, havia 57 porções de maconha, 365 pinos de cocaína, 425 porções de cocaína “tipo aricanduva”, uma balança de precisão, cinco embalagens com eppendorfs vazios e três pés de maconha.

Também foram apreendidos, na residência, dois cadernos que seriam utilizados na contabilidade do tráfico, um motor de motocicleta, um recibo de depósito bancário, um celular e uma chave “mixa”.

Na quarta-feira, 9, um adolescente de 15 anos, morador do Jardim Gonzaga, foi apreendido na rua Antonio de Souza Quevedo, na vila Angélica. O menor estava com uma porção de cocaína, R$ 200 e um celular Motorola.

Publicidade

A abordagem aconteceu durante patrulhamento. O garoto estava saindo de uma moradia em construção quando foi avistado pelos agentes de segurança. Em buscas pelo terreno, foram achadas outras oito porções de cocaína dentro de um maço de cigarros, próximo a uma moita.

Na praça Aldo Zanni, na vila Brasil, uma ação conjunta da PM e da GCM resultou na apreensão de um adolescente de 16 anos, além de porções de maconha, crack e cocaína. Gian Inácio Perez, 18, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

A operação foi realizada na quinta-feira, 10. A PM recebeu denúncia informando que duas pessoas estariam vendendo drogas em uma praça próxima a uma creche. O informante delatou que a dupla guardava drogas em uma residência e em um terreno.

De posse das informações, os policiais realizaram diligências na praça Aldo Zanni. Segundo o boletim de ocorrência, o adolescente trabalhava na “recepção” dos clientes, enquanto Perez entregaria os entorpecentes. Com o maior de idade, foram achadas quatro pedras de crack, uma porção de maconha e outra de cocaína.

Na moradia de um dos suspeitos, foram encontrados R$ 278 sobre um armário. Em um terreno em frente à casa, foram achados, com o apoio do cão Thor, da GCM, 47 porções de maconha e nove de crack.

As apreensões de drogas tiveram continuidade na madrugada de sábado, 12. Giovani Augusto da Silva, 22, teria sido flagrado por policiais militares carregando seis porções de cocaína.

Mais 32 porções de “pó” foram encontradas nas imediações da apreensão, ocorrida na rua Teófilo de Andrade Gama, no Jardim Santa Rita de Cássia. Os policiais apreenderam, ainda, R$ 400 que estavam guardados na residência do suspeito.

Na noite do mesmo dia, também na Teófilo, dessa vez no Jardim Rosa Garcia 2, a GCM apreendeu 32 pedras de crack e R$ 150 em dinheiro, em poder do servente Kauan Christian Gomes dos Santos, 18.

Segundo o boletim de ocorrência, o local onde houve a apreensão é conhecido pelos reincidentes casos de tráfico. O rapaz teria sido visto pela guarnição da GCM entregando algo a outra pessoa.

Na chegada dos agentes, Santos teria tentado engolir duas pedras de crack, mas, um dos guardas teria impedido. Um pacote com outras 30 pedras teria sido encontrado durante revista pessoal.

Na vila Angélica, na quarta-feira, 16, Daniel Aparecido Franco de Lima Goethe foi preso pela GCM suspeito de vender drogas. A prisão ocorreu na rua José Orsi.

Consta no boletim de ocorrência que Goethe teria sido flagrado vendendo cocaína a um adolescente. A GCM chegou ao local após denúncia de moradores.

Aos agentes, o adolescente afirmou ser usuário e cliente. Goethe teria reconhecido a posse da droga e apontado o esconderijo no material.

Com o suposto traficante, teriam sido encontrados R$ 27 em dinheiro e uma porção de cocaína. No terreno, foram localizadas 87 porções de maconha e 24 de cocaína. Com o adolescente, estaria uma porção de “pó”. Goethe foi preso em flagrante e o menor, levado à Delegacia Central, como testemunha.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade