Nova estimativa do IBGE calcula que Tatuí tem mais de 118 mil residentes

Desde o Censo 2010, população tatuiana passou de 107.326 para 118.939

0
609
(reprodução: Google Maps)
Publicidade
Shop-jantar
Bendita Filo
Damásio nivel medio
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Tatuí ganhou 1.116 habitantes em um ano, conforme relatório de estimativa populacional divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no final do mês de agosto, no DOU (“Diário Oficial da União”).

O número de residentes na cidade até 1º de julho deste ano foi calculado em 118.939, o que faz o município figurar na quinta posição entre as maiores populações da RMS (Região Metropolitana de Sorocaba).

A taxa de crescimento populacional tatuiana entre 2016 e 2017 ficou em 0,95%, proporção maior que a verificada no âmbito nacional. A população brasileira cresceu 0,77% e passou para pouco mais de 207,7 milhões.

Em 2010, ano de realização do último Censo, a população tatuiana era de 107.326 habitantes, o que colocava a cidade como a 251º maior em número de população no país e 68º no ranking estadual. Em sete anos, o número de moradores de Tatuí aumentou 10,8%.

Segundo o IBGE, a atualização das estimativas de população municipais é importante para o cálculo do Fundo de Participação dos Estados e Municípios, realizado pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Os números também são usados como referência para indicadores sociais, econômicos e demográficos.

Com a atualização demográfica, a RMS passou para 2.088.381 habitantes. Sorocaba lidera entre os municípios mais populosos da região, com 659.871 moradores. O número é 1,13% maior que o estimado no ano passado.

A segunda maior cidade é Itu, com 170.157 habitantes e 0,90% de crescimento. A população de Itapetininga, a terceira maior, foi estimada em 160.070 moradores, com avanço populacional de 0,95%. Na quarta posição, Votorantim teve a população calculada em 119.898 e 0,87% de aumento demográfico.

Publicidade
EleService institucional
Coplaspel

Os maiores crescimentos foram verificados nos municípios de Iperó (+ 2,24%) e Araçariguama (+ 2,22%). Da região, apenas uma cidade teve a população reduzida. Para o IBGE, Tapiraí perdeu 0,46% entre 2016 e 2017.

De acordo com o IBGE, a estimativa tatuiana não refletiu a alteração nos limites municipais ratificada em março deste ano. Após anos de disputa judicial, Tatuí teve a região do bairro Jurumirim, com população calculada em cerca de 700 moradores, passada para a cidade de Itapetininga.

Na microrregião de Tatuí, formada por nove municípios, a população passou de 288,5 mil para 293,1 mil habitantes em um ano.

O maior crescimento foi estimado para Boituva, a segunda maior cidade, cuja população passou de 56.830 para 57.910, avanço de 1,90%. Cerquilho, a terceira colocada em número de moradores, teve o segundo maior aumento, de 1,71%.

Das cidades da microrregião, Tatuí e outras duas tiveram aumento demográfico menor que 1%: Laranjal Paulista (+ 0,90%) e Torre de Pedra (+ 0,42%). Na região, nenhuma cidade teve redução na estimativa populacional.

O IBGE calcula que, a cada 21 segundos, aumenta em um a quantidade de moradores no Brasil. O Estado de São Paulo, cuja população foi calculada em 45,1 milhões, o acréscimo acontece a cada 1min35s. Na cidade, a população é acrescida a cada oito horas, tomando por base que, a cada dia, Tatuí ganha três habitantes.

A estimativa do instituto é de que o Estado tenha 48,4 milhões de habitantes no ano de 2030. No mesmo ano, o Brasil teria 223,1 milhões de moradores.

Conforme informações do órgão responsável por realizar a contagem da população, quase um quarto das cidades do país (24,5%) sofreram redução no número de moradores.

Em mais da metade dos municípios (56,2%), o crescimento populacional foi menor que 1%, a exemplo do ocorrido em Tatuí. Apenas em 207 cidades brasileiras (ou 3,7% do total) a taxa de crescimento igualou ou superou 2%.

O IBGE informa que as regiões Norte e Centro-Oeste foram as que apresentaram maiores proporções de municípios com taxas de crescimento acima de 1%. Por outro lado, a região Sul mostrou a maior proporção de cidades com taxas negativas.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade
Eletrofer
Alessandra Bonilha, dra

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome