NOTAS POLICIAIS

318
Publicidade





Polícia prende casal por furto no bairro Jardim Santa Cruz

A Polícia Militar deteve duas pessoas suspeitas de terem praticado furto a estabelecimentos comerciais na tarde de terça-feira, 10. Conforme nota enviada à imprensa, Bruno B. J. Lima, 19, e uma adolescente de 14 anos teriam confessado o furto.

Segundo a PM, policiais realizavam patrulhamento pelo bairro Jardim Santa Cruz quando desconfiaram de um casal que teria, ao avistar a viatura policial, passado a agir de “modo suspeito”. Em poder deles, os policiais teria encontrado cinco frascos de cosméticos, dois pares de chinelos e um “top”. Eles teriam confessado o furto dos produtos de um supermercado e de uma loja.
Na delegacia, Lima foi autuado por furto qualificado e a adolescente, por ato infracional, tendo sido liberada na presença dos pais.


Guarda Municipal prende 2 mulheres por tráfico no “SR”

Publicidade

Guardas civis municipais divulgaram que detiveram, na quarta-feira, 11, duas mulheres que traficavam drogas na rua Benedito Nunes, no bairro Santa Rita, próximo a uma agropecuária.
Em nota enviada à imprensa, a corporação informa que, após denúncias anônimas, localizou as duas no local, identificando-as como Kennya Oliveira, 20, e Keli Cardoso, 23.

Em revista pessoal, teria sido encontrada com Kennya, além de R$ 60 em dinheiro, uma cápsula de cocaína e, com Keli, uma porção de maconha.

Em um terreno baldio, próximo a uma árvore, foram localizadas outras 23 cápsulas de cocaína. Ambas foram autuadas por tráfico, na Delegacia Central.


Dois homens armados roubam pizza e dinheiro de entregador

Um entregador teve pizzas e dinheiro roubados por dois homens armados, na noite de quarta-feira, 11, no Jardim Mantovani.

De acordo com o registro policial, a vítima relata ter sido abordada pelos indivíduos enquanto procurava o número do local para efetuar uma entrega de pizza.

Conforme a vítima, o numeral não existe no endereço, o que o levou a crer que os próprios suspeitos encomendaram a pizza para efetuarem a abordagem.

O entregador informa que os suspeitos usavam toucas com apenas os olhos à mostra. Um portava um revólver calibre 38 e outro, um 388 prateado.

Ainda segundo a vítima, um deles era alto, estava de shorts e camiseta branca; o outro era um pouco menor, estava de calça jeans e blusa de moletom.

Além da mochila, que continha uma máquina de cartão bancário, os suspeitos levaram duas pizzas e R$ 50, referentes a outra entrega que já havia sido realizada.


Polícia Militar prende homem com uma arma munida na rua

A Polícia Militar prendeu um homem por porte ilegal de arma, na madrugada desta sexta-feira, 13, no bairro Jardim Ternura.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM informa que policiais militares, durante patrulhamento, avistaram um indivíduo caminhando. Ele teria sido abordado, após demonstrar “atitudes suspeitas”.

Os policiais militares teriam, então, localizado, com o suspeito, um revólver calibre 32, contendo duas munições intactas e mais uma deflagrada.

Ao ser indagado, o homem teria negado que a arma lhe pertencia, mas também não informou o nome do proprietário. Ainda na abordagem, foi encontrada a quantia de R$ 16,50.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia Central, junto com valores e arma, e recebeu voz de prisão.


Homem é preso suspeito de roubar remédio de drogaria

Um homem de 38 anos foi preso na manhã de quarta-feira, 11, na região central. De acordo com a Polícia Militar, ele é suspeito de roubar medicamentos de uma drogaria na rua 11 de Agosto.

De acordo com o BO, a PM afirma que uma testemunha ligou informando que um homem de estatura média/alta, camisa listrada e provável descendência oriental, teria entrada no estabelecimento a fim de adquirir cartelas de remédio.

A testemunha informa que, assim que o medicamento estava nas mãos dele, o suspeito saiu do local e, a pé, correu em direção à vila Esperança.

Na rua Florindo Antunes Machado, um PM localizou o suspeito andando. Na revista pessoal, localizou duas cartelas do medicamento no bolso do suspeito. Ele foi encaminhado à Delegacia Central. No local, a testemunha reconheceu o homem e os remédios apreendidos.

A fiança, arbitrada em R$ 1.000, não foi paga pelo suspeito e ele permaneceu detido.


Publicidade