Mais de 40% do público-alvo imunizaram-se contra gripe

Segundo VE, meta é vacinar 90% da população vulnerável

0
172
Publicidade
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A vacinação contra a gripe atingiu 40% do público-alvo até o sábado, 13, data da realização do “Dia D” da campanha realizada no município. A meta proposta pelo Ministério da Saúde é de que pelo menos 90% dos 38 mil habitantes considerados mais vulneráveis à doença sejam imunizados até o dia 26 deste mês.

De acordo com a coordenadora da VE (Vigilância Epidemiológica), enfermeira Elis Diniz, no sábado, foram aplicadas 1.700 doses do imunizante. A vacina contra a gripe é gratuita e protege contra três subtipos de cepas: H1N1, H3N2 e influenza B.

“A vacina é trivalente, como foi no ano passado, com a diferença de que o governo atualizou algumas cepas em função do vírus ser mutante. Todos os anos, a vacina muda por conta de estudos sobre os vírus que estão circulando pelo mundo”, explicou.

O Dia D da vacinação foi realizado na Praça da Matriz e em todas as UBSs (unidades básicas de saúde) das zonas urbana e rural. No total, 116 funcionários municipais trabalharam diretamente na campanha.

A vacinação é destinada a todos os grupos considerados de risco, como idosos, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período até 45 dias após o parto), crianças entre os seis meses e cinco anos de idade, professores e monitores de escolas públicas e privadas, profissionais de saúde e doentes crônicos.

A partir do sábado, um novo grupo foi integrado à campanha de vacinação. As doses estão disponíveis para policiais militares e civis, guardas municipais, bombeiros, funcionários da Defesa Civil, do Poupatempo e dos Correios. Para tomar a vacina, é necessária a apresentação de crachá ou holerite.

Nos casos dos doentes crônicos, a enfermeira aconselhou a apresentação de carta do médico ou da receita do medicamento de uso contínuo usado pelo paciente. Para as crianças enquadradas na campanha, é imprescindível a apresentação da carteira de vacinação.

Publicidade

“Não tivemos casos considerados graves de gripe neste ano, mas ainda assim é importante que a população continue vacinada, para que a maioria fique imunizada e protegida. A vacinação é indicada todos os anos”, reforçou.

O imunizante é produzido com vírus injetados em ovos de galinha com embrião. Após a multiplicação, o vírus é separado, inativado e disponibilizado em doses.

Devido ao modo de produção da vacina, a enfermeira informou que o público alérgico a ovos não pode ser imunizado. A restrição se estende a pacientes com comorbidade que não estão “bem de saúde” e pessoas que apresentam resfriado e febre, segundo Elis.

“As doses são produzidas com vírus inativados, ou seja, estão mortos. Então, não tem reação. O que pode ocorrer é dor local, em virtude de o paciente estar com medo e contrair a musculatura do braço, onde a vacina é aplicada. Nunca tivemos reações graves à vacina na cidade”, declarou.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome