Juventude define meta de certificar mil em qualificações durante ano

    Quinhentos já estão matriculados para os cursos que começam no dia 16

    0
    309
    Departamento registrou longa fila na abertura das inscrições (foto: divulgação)
    Publicidade
    Eletrofer
    Della Nonna
    Alessandra Bonilha, dra
    EleService institucional
    Bendita Filo
    Coplaspel
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

    Certificar mil pessoas em cursos de qualificação deste mês até o final do ano é a meta definida pelo Departamento Municipal de Juventude para 2018.

    O número, anunciado pelo diretor do setor, Gustavo Grando Cruz, corresponde ao dobro dos formandos que participaram de aulas ao longo de 2017.

    Há um ano, o departamento realizou levantamento para verificar as necessidades desse público. Além de eventos culturais, um dos pontos requisitados era a qualificação para a competição por vagas de trabalho.

    Em paralelo, o setor buscou informações junto aos departamentos de recursos humanos das empresas da cidade e região. A intenção era conhecer a deficiência dos tatuianos com relação à qualificação, para permitir que eles preenchessem requisitos exigidos pelas indústrias e pelo comércio.

    Apesar de serem voltados ao público jovem, os cursos têm atraído pessoas de todas as idades. “Como o departamento é de juventude, no caso, nós fazemos políticas públicas para ela. Porém, não limitamos a idade”, observou o diretor.

    Publicidade
    EleService institucional
    Bendita Filo
    Della Nonna
    Eletrofer
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra

    De acordo com ele, no início do projeto, o DMJ restringiu as inscrições para jovens, em decorrência do número de vagas ofertadas e da demanda. Entretanto, ainda em 2017, o setor ampliou para as pessoas com mais de 30 anos. O Estatuto da Juventude considera como jovens quem tem entre 15 e 29 anos.

    “Já desde o ano passado não existe limite de idade. É para todo mundo. Claro que, automaticamente, os cursos acabam atingindo os mais jovens”, argumentou.

    Segundo o diretor, esse tipo de público frequenta mais as aulas por ter mais acesso às ações de divulgação. O departamento prioriza anúncios em redes sociais, consideradas como atrativos para os jovens, por meio de perfis dos membros do setor.

    Os cursos abertos pela Prefeitura têm como público-alvo os adolescentes a partir de 16 anos. São jovens atraídos também pela ação prática realizada pelo departamento no final do ano letivo de 2017.

    Entre novembro e dezembro do ano passado, o DMJ percorreu escolas de ensino médio para informá-los sobre as políticas públicas desenvolvidas pelo órgão e chamá-los a participar.

    A iniciativa ainda está relacionada à meta estipulada pelo setor para este ano. Grando ressalta que a Prefeitura capacitou, por meio do departamento, 500 pessoas em 2017. Neste ano, 50% da meta já estão atendidos. “Eles já estão inscritos, não certificados, ainda, mas provavelmente, serão”, pontuou.

    Repetindo a fórmula do primeiro ano do projeto de capacitação, o diretor mencionou que o setor oferecerá parte das vagas com ajuda da Etec (Escola Técnica) “Dr. Gualter Nunes”. A instituição de ensino é mantida pela Femague (Fundação Educacional “Manoel Guedes”) e recebe em torno de 250 alunos.

    Neste ano, além das vagas obtidas pela parceria, o departamento conseguiu expandir o número de alunos com apoio da iniciativa privada. “Convoquei todos os institutos e escolas particulares para uma reunião. Solicitei deles ajuda para oferecer cursos, professores e espaço. A maioria atendeu ao pedido”, contou.

    Com isso, o departamento conseguiu obter mais 250 vagas, distribuídas em turmas entre 10 e 15 alunos, nos vários institutos de formação particular. “Tudo isso sem custo nenhum para a Prefeitura, que manteve as capacitações”, frisou.

    A duração dos cursos varia em função da carga horária e conteúdo. Os mais curtos têm 16 horas de duração. Já outros, como o de fotografia, são ministrados em 60 horas. “Alguns deles são uma vez por semana; outros, duas. Então, varia entre um mês e meio e três meses. Depende da formação”, explanou.

    Para abranger maior número de jovens, o departamento passou a limitar o número de cursos que uma mesma pessoa pode fazer. Até o ano passado, o jovem tinha a possibilidade de frequentar o máximo possível de capacitações, desde que elas não conflitassem em horário.

    Neste ano, para qualificar mais pessoas, o setor determinou que os inscritos só fizessem um curso por período. “Do contrário, teríamos 250 vagas da Prefeitura, mas somente uns 150 alunos, porque eles fariam vários cursos”.

    As aulas oferecidas pela Prefeitura são ministradas por um corpo de cinco professores. O processo de contratação contou com apoio de Flávio Pavanelli.

    “Iniciamos com um ‘boca a boca’, e apareceu o Flávio. Ele nos apresentou uma proposta com ementa de um curso, o que nos ajudou muito”, lembrou.

    Já os professores das instituições particulares são escolhidos pelas próprias unidades. Elas abriram, em janeiro deste ano, dez cursos para atender ao departamento.

    As inscrições tiveram início no dia 2 do mês passado, com as vagas dos sete cursos da Prefeitura sendo preenchidas no dia 4. As capacitações são de empreendedorismo e marketing digital, planejamento em vendas, fotografia, estética, drenagem linfática, limpeza de pele e auxiliar administrativo.

    “Por conta da demanda, nós tivemos de arrumar mais cursos, mas não poderíamos gastar mais e não tínhamos mais espaço. Foi então que eu fui atrás das escolas particulares. As conversas aconteceram no mês passado”, contou.

    De acordo com o diretor, boa parte do público que recebeu certificados ou se inscreveu nos cursos busca qualificação para disputar vaga no mercado de trabalho. Os perfis são diversos e, em geral, mudam de acordo com as capacitações.

    Grando explicou que a maioria dos jovens quer contar com diferencial para ingressar em empresas ou no comércio. Já os adultos buscam se capacitar em novas tecnologias, como marketing digital, para alavancar os próprios negócios.

    As aulas da primeira turma de 2018 têm início no próximo dia 16, sexta-feira que vem.

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
    Publicidade
    Bendita Filo
    Della Nonna
    Eletrofer
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    Coplaspel
    Thais Brito divulga

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome