‘Doc’ e curta nacionais são atrações do MIS no museu ‘Paulo Setúbal’

0
63
O curta 'Naiá e a Lua' é uma das atrações do Ponto MIS deste mês (foto: divulgação)
Publicidade
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um documentário e um curta-metragem nacionais são as atrações desde mês do Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) para Tatuí. Os filmes têm exibições gratuitas no MHPS (Museu Histórico “Paulo Setúbal”) e integram programação em comemoração ao aniversário dos 191 anos do município.

As sessões acontecem em simultâneo no auditório da casa de cultura, todos os domingos do mês, a partir das 14h. Elas podem ser apreciadas por qualquer pessoa. Para agendamento de grupos, é necessário entrar em contato com a administração do museu. O contato é feito pelo telefone (15) 3251-4969.

Quem preferir pode ir até o espaço de cultura. Ele está localizado na praça Manoel Guedes, 98, no centro. Mais informações pelo e-mail: mhpstatui@gmail.com.

O curta “Naiá e a Lua” tem classificação livre e direção de Leandro Tadashi. A história gira em torno de um conto indígena, com duração de 13 minutos.

No elenco, Liviane Arã Mirim de Lima interpreta a jovem índia Naiá, que se apaixona pela lua ao ouvir da anciã de sua aldeia a história do surgimento das estrelas no céu.

Já o longa “Coração do Brasil”, dirigido por Daniel Solá Santiago, tem duração de 65 minutos. O documentário conta a história de três participantes da expedição que demarcou o centro geográfico do Brasil no ano de 1958.

A produção apresenta o trabalho desenvolvido por Sérgio Vahia de Abreu, o documentarista Adrian Cowell e o cacique Raoni. Juntos, eles revisitam aldeias, reencontrando personagens e verificando a presente condição dos indígenas.

Publicidade

O trio participou da expedição liderada pelos irmãos Villas Boas, organizada pela Fundação Brasil Central.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade