“Curandeiro” aplica golpe em idoso e furta mais de R$ 7 mil

Vítima entrega dinheiro e cartão com senha para “benzer”

755
Publicidade

Um aposentado de 82 anos teve prejuízo de mais de R$ 7.000, na manhã de sexta-feira, 15, após entregar um cartão de banco com senha e R$ 700 em dinheiro a um suposto “curandeiro” que prometera resolver problemas de saúde da família da vítima.

O homem registrou o crime na DC, na tarde de sábado, 16. Conforme relatado, o idoso caminhava próximo à Escola Estadual “Simíramis Turelli Azevedo”, no Jardim Tóquio, quando foi abordado pelo falso curandeiro.

O homem teria pedido para a vítima entregar dinheiro e o cartão bancário para “benzê-los” e, com isso, resolver os problemas de saúde da família. O idoso entregou o valor de R$ 700 e o cartão com a senha, marcada em um papel.

Na sequência, o “curandeiro” fingiu ter embrulhado o dinheiro e o cartão em um saco plástico e entregou um pacote à vítima, pedindo para que ela rezasse e, em seguida, levasse o pacote para casa e colocasse atrás de uma santa.

Segundo o boletim, pelas instruções do farsante, o embrulho só deveria ser aberto depois de sete dias, contudo, a vítima abriu-o ao chegar à moradia e verificou que só havia papel no embrulho.

Publicidade

Após perceber que tinha caído em um golpe, o idoso procurou a agência bancária, onde, após cancelar o cartão, constatou um saque de aproximadamente R$ 7.000 sem autorização.

Publicidade