Convênio com o governo do Estado recuperará 8 km de estradas rurais

Pacto foi assinado pela prefeita Maria José no Palácio dos Bandeirantes

0
318
Samuel Moreira acompanhou assinatura de convênio realizada pela prefeita Maria José com secretários (foto: Governo de SP / Gilberto Marques)
Publicidade
Damásio nivel medio
Bendita Filo
Shop-jantar
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Prefeitura assinou na quinta-feira, 17, no Palácio dos Bandeirantes, um convênio que destinará R$ 940,7 mil para a recuperação de estradas rurais, no âmbito do Programa Melhor Caminho.

O acordo foi assinado pela prefeita Maria José Vieira de Camargo e pelo secretário chefe da Casa Civil do Estado, Samuel Moreira. Os secretários Luiz Gonzaga Vieira de Camargo (Governo) e Célio José Valdrighi (Agricultura) acompanharam as tratativas.

Os recursos serão utilizados na recuperação de oito quilômetros de estradas rurais dos bairros Jurumirim e Santa Adelaide. O programa é coordenado pela Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento e realizado pela Codasp (Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo).

Segundo a Prefeitura, serão quatro quilômetros de recuperação, da ponte do Jurumirim, reconstruída recentemente pelo município em parceria com Itapetininga, até o bairro Enxovia.

Outro trecho de quatro quilômetros, no Santa Adelaide, a partir da antiga Cerâmica do Minoru, passará por restauração. Estes serão os primeiros trechos recuperados nessas estradas.

As obras foram autorizadas pelo governador em 24 de abril, durante visita a Tatuí, para inaugurar a marginal da rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127), que dá acesso à futura planta industrial da Noma.

Ao todo, o governo de São Paulo irá liberar R$ 1,4 milhão em convênios com municípios da região de Sorocaba. Eles fazem parte de um pacote de R$ 33 milhões, que beneficiará 146 cidades.

Publicidade
EleService institucional
Coplaspel

As verbas serão destinadas a projetos nas áreas de cultura, defesa civil, agricultura, esporte, direitos da pessoa com deficiência, infraestrutura, trânsito e turismo.

Foram assinados 177 convênios, cinco deles com entidades. Por meio das parcerias, prefeituras e associações poderão receber repasses de recursos ou materiais do Estado para executar projetos de relevância local.

“Com a assinatura destes convênios, estamos praticando dois princípios importantes: a descentralização, passando o recurso para a ponta, mais perto da população; e a participação, investindo na parceria com os governos locais. São convênios importantes, que assinamos com prefeituras e entidades, entre Apaes e Santas Casas”, afirmou o governador, por meio de nota à imprensa.

O convênio assinado com Tatuí é da alçada da Secretaria Estadual da Agricultura. Outras sete cidades serão beneficiadas e receberão R$ 4,3 milhões. Seis dos municípios contarão com os recursos para a recuperação de estradas rurais municipais.

Além de Tatuí, Indiana, Piquete, Capão Bonito, Itapetininga e Paraibuna poderão aplicar a verba para a reforma de estradas. Cosmópolis receberá o dinheiro para a compra de implementos agrícolas.

Segundo o Estado, serão repassados R$ 8,1 milhões para obras de infraestrutura de fomento ao setor turístico em seis municípios. Os convênios serão firmados por meio do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), da Secretaria Estadual de Turismo.

Os convênios envolvem projetos de reestruturação de áreas turísticas, revitalização e recapeamento de vidas públicas, edificação de posto de salvamento e execução de sinalização turística, entre outros itens. Entre 2011 e 2014, o Estado repassou R$ 1,2 bilhão para as 70 estâncias turísticas paulistas.

Tatuí foi incluída no rol de cidades consideradas como “municípios de interesse turístico” e poderá ter acesso a futuras verbas. Um projeto de revitalização da praça Martinho Guedes foi enviado pela Prefeitura e passaria por análise do COC (Conselho de Orientação e Controle), do Fundo de Turismo.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade
Eletrofer
Alessandra Bonilha, dra