Recitais de canto e de trompete são atrativos do fim de semana

Formandos do CDMCC apresentam-se grátis no sábado e domingo

228
Merlise Souza tem apresentação de canto lírico neste sábado a partir das 19h (foto: AI Conservatório)
Publicidade
Diaz Leal Advocacia

Alunos formandos do Conservatório de Tatuí farão dois recitais gratuitos neste fim de semana. Sábado, dia 10, a soprano Merlise Sousa tem apresentação de canto lírico às 19h. No domingo, 11, será a vez de Pablo Marques, que fará recital de trompete MPB/Jazz às 11h. As apresentações serão no Salão Villa-Lobos, com entrada gratuita.

O recital de canto lírico traz canções e árias de óperas dos séculos 18 e 19, nos idiomas italiano e inglês. “As árias foram selecionadas de óperas como ‘Paride ed Elena’ (Christoph Willibald von Gluck), passando por Wolfgang Amadeus Mozart em ‘Le nozze di Figaro’ (As Bodas de Fígaro), chegando a Gioachino Rossini com ‘Il Barbiere di Siviglia’ (O barbeiro de Sevilha), estas últimas reconhecidas pelo estilo buffo de suas personagens, populares até hoje”, comenta a professora Marilane Bousquet.

O programa estende-se ao século 19, no idioma inglês da ópera “Martha”, do compositor alemão Friedrich von Flotow, a melodia tradicional irlandesa “The Last Rose of Summer”, com texto de Thomas Moore. Também traz quatro das “English Canzonettas”, do compositor austríaco Franz Joseph Haydn, do século 18.

“Segundo relatos históricos, a obra obteve enorme sucesso na época por corresponder muito bem aos gostos e predileções musicais da ‘sala de estar inglesa’ do final do século 18. Estas canções são interpretadas por importantes cantores até hoje. E do século 19, ‘La corrispondenza amorosa’, de Gaetano Donizetti, um dos maiores representantes do Bel canto italiano”, acrescenta.

Merlise Sousa teve seu primeiro contato com a música aos 7 anos, na igreja que frequentava. É graduada em psicologia pela Unip (Universidade Paulista) e é técnica em instrumento pela Etec (Escola Técnica) de Artes.

Publicidade
Diaz Leal Advocacia

Como bolsista do Coro Sinfônico do Conservatório, participou de grandes concertos, como: “Carmina Burana” (Carl Orff), “Die Schöpfung” (Franz Joseph Haydn), “Vesperae Solennes de Confessore” (Wolfgang Amadeus Mozart) e “L’elisir d’amore” (Gaetano Donizetti), além de participar de diversos festivais, encontros e master classes.

Leciona em Laranjal Paulista e Porto Feliz. Atualmente, integra a montagem da ópera Det Sjunde Inseglet (The Seventh Seal), de João MacDowell, que será apresentada em Tatuí na quarta-feira, dia 14.

Já no domingo, Pablo Marques interpretará “Brake’s sake” (Thelonious Monk), “Boi de carroça” (Felipe Silveiras), “Jongo” (Fábio Leal), “Bossa pra mim” (Pablo Marques), “On my way home” (Maurice Brown), “Catavento girassol” (Guinga), “Jhonny Alf” (Paulo Malheiros) e “When you wish upon a star” (Leigh Harline).

Nascido em Presidente Venceslau (São Paulo), o músico iniciou vivência musical em casa. Ele vem de uma família com musicistas e músicos, com influência do meio religioso.

Ingressou no Conservatório de Tatuí em 2012, no curso de trompete MBP/Jazz com o professor Cláudio Sampaio “Cambé”. Participou de festivais promovidos pela escola, como Painel Instrumental 2013 e Encontro Internacional de Metais 2014.

Na mesma instituição, integrou grupos pedagógicos (Big Band Jovem, Jazz Combo Jovem, Conjunto de Metais e Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí) e atuou como bolsista em grupos artísticos (Jazz Combo e Big Band), sob a batuta dos professores Gileno Santana, Jessé Sadoc, David Spencer e Sidmar Vieira.

Em sua carreira musical, já dividiu palco com grandes nomes da música popular brasileira, como Joseval Paes, Hector Costita, Rodrigo Ursaia, Sandro Albert, entre outros . Atualmente, desenvolve seu próprio projeto Pablo Marques Quartet, com a proposta voltada para o Jazz tradicional e moderno.

Publicidade
Diaz Leal Advocacia

DEIXE UM COMENTÁRIO

entre com sua mensagem
entre com seu nome