O Progresso encerra inscrições para o 24º ‘Concurso Artístico e Literário’

Certame soma 1.654 trabalhos concorrentes nas categorias redação e desenho

223
Desenho premiado no ano de 2017
Publicidade
Diaz Leal Advocacia

O 24º Concurso Artístico e Literário de Natal, promovido pelo jornal O Progresso, finalizou, na quinta-feira, 1º, a contagem dos trabalhos concorrentes nas duas categorias, desenho e redação. A comissão organizadora encerrou os trabalhos após ter prorrogado o prazo de entrega das produções.

O regulamento previa, inicialmente, o fim da inscrição de produções de alunos das redes pública e particular para 24 de outubro. Entretanto, de modo a permitir que as unidades de ensino tanto municipais como estaduais tivessem mais tempo para a entrega dos trabalhos, a organização estendeu a data final.

No total, houve 1.654 inscrições, distribuídas entre 1.420 desenhos e 234 redações. Desse montante, apenas 16 foram desclassificados, por ausência total de dados. Sem as informações, não seria possível a identificação dos autores.

Mais de 40 instituições de ensino receberam as cartas de participação, endereçadas aos coordenadores pedagógicos e aos diretores. Até a quinta-feira, data limite inicial para as entregas, 29 escolas haviam enviado os trabalhos.

Os vencedores em cada grupo de anos são premiados em dinheiro, com valores divididos entre os primeiros colocados do 1º ao 9º ano em desenho e redação.

Publicidade
Diaz Leal Advocacia

As entregas das premiações serão realizadas pelos patrocinadores da iniciativa. São parceiros do concurso em 2018: Colégio Objetivo (que premiará dois vencedores), Imobiliária Simões, Palácio do Sorvete, CCAA, Prudente Fórmulas, Plenna Estética, Maricota, Habib’s e Hotel Del Fiol.

Neste ano, o certame ganhou ainda mais apoiadores e, por isso, estará desdobrando as premiações. Inicialmente, seriam oferecidos R$ 2.400 aos vencedores de cada dois anos, mas, com a adesão de novos patrocinadores, o concurso soma R$ 3.000 em competição.

Por conta disso, a organização decidiu privilegiar ainda mais as séries que participaram com inscrições, as quais, tradicionalmente, apresentam maior número de trabalhos inscritos na modalidade desenho.

Assim, os participantes do 3º, 4º e 5º anos, na categoria desenho, ganharão, exclusivamente, um prêmio de R$ 300 cada. Os demais concorrerão agrupados entre dois anos: 1º e 2º; 6º e 7º; e 8º e 9º.

Por sua vez, na categoria redação, os estudantes estão concorrendo da seguinte forma: entre o 1º, 2º e 3º ano, 4º e 5º, 6º e 7º e, finalmente, 8º e 9º. Cada vencedor desses grupos levará R$ 300.

Como nos anos anteriores, além do valor, o concurso prevê a publicação dos três melhores trabalhos de cada categoria, com menção das escolas nas quais os autores estudam e respectivos professores. A divulgação será feita na edição especial de O Progresso, que circulará no dia 23 de dezembro.

A escolha dos trabalhos é feita por um corpo de jurados formado por profissionais de renome em suas respectivas áreas. A comissão avalia critérios como originalidade e respeito ao tema, propostos aos professores por meio de convites.

Criado em 1995 e realizado anualmente, o concurso conta com patrocínio do comércio local e visa incentivar e divulgar o talento artístico e literário de crianças e adolescentes, além de revelar novos talentos e estimular a criatividade dos alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

Publicidade
Diaz Leal Advocacia

DEIXE UM COMENTÁRIO

entre com sua mensagem
entre com seu nome