Tatuí elege seu 1º deputado federal com mais de 30 mil votos na região

    Guiga Peixoto ocupará uma das 513 cadeiras da Câmara dos Deputados

    5219
    Guiga Peixoto vota na manhã de domingo, quando já reconhecia desempenho da campanha (foto: Diléa Silva)
    Publicidade
    CVC
    Sta Tereza institucional
    Liderança Ferramentas
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    EleService institucional

    O empresário José Guilherme Negrão Peixoto (Guiga Peixoto), candidato a deputado federal pelo PSL (Partido Social Liberal), foi eleito neste domingo, 7, e irá representar a região ocupando uma das 513 cadeiras da Câmara dos Deputados, em Brasília.

    O tatuiano conquistou 31.718 votos no Estado, o equivalente a 0,15% de todos os válidos em São Paulo. Somente em Tatuí, foram 17.485, 32,31% dos válidos. Com isso, torna-se o primeiro deputado federal eleito do município de Tatuí.

    “Nossa população e toda a região foi vencedora. ‘Nós’ ganhamos essa vaga”, declarou o eleito nesta terça-feira, à reportagem de O Progresso. Guiga acrescentou que a eleição é apenas a primeira etapa da meta de “mostrar que é possível fazer a grande diferença através do trabalho”.

    Ele já havia participado das eleições municipais como candidato a prefeito, em 2016, obtendo 11.464 votos e ficando na terceira posição, então pelo PSC (Partido Social Cristão) e em sua primeira participação na política.

    Conforme Fábio Villa Nova, coordenador da campanha do PSL em Tatuí, a votação que Guiga teve nas outras cidades surpreendeu a equipe de trabalho. “Nós esperávamos mais votos em Tatuí, pelo menos uns 25 mil, mas não tanto quanto a gente obteve fora”, comentou.

    Publicidade
    EleService institucional
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional
    CVC
    Liderança Ferramentas

    De acordo com Villa Nova, a equipe de trabalho fez campanha em pelo menos 16 cidades, com foco maior em 11 municípios da região. Em Cerquilho, ele foi o candidato mais votado, com 3.910 votos (17,09%), e em Boituva figurou no segundo lugar da lista dos mais bem votados, com 2.687 (10,27%), um a menos que Eduardo Bolsonaro (PSL), que teve 2.687.

    “Os votos que tivemos das outras cidades acabaram compensando a falta dos votos daqui de Tatuí”, declarou o coordenador.

    Para Guiga Peixoto, a votação expressiva nas cidades vizinhas mostra que “a população quer ter proximidade com o eleito”. “Isso prova que o povo quer o voto regional, quer contato com o deputado”, comentou.

    “Enquanto a gente não chutar em uma lata de lixo a palavra corrupção, que assola grande parte da política do Brasil, o país não vai mudar. Nossa incumbência é mudar o Brasil e a mudança começou no domingo”, ressaltou Guida.

    O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contabilizou 8.591 candidatos em todo o país, 1.686 no Estado de São Paulo, o qual conta com 70 cadeiras na Câmara dos Deputados.

    A Câmara de 2019, com os 513 deputados federais, será composta por 30 partidos diferentes. PT e PSL elegeram o maior número de representantes. A bancada do PT terá 56 deputados e a do PSL, 52. São os dois partidos com mais deputados federais eleitos. Em seguida, com mais cadeiras, aparecem PP (37), MDB (34) e PSD (34).

    O PSL ocupará dez cadeiras das destinadas ao Estado de São Paulo. A legenda poderia preencher até 16 vagas no Estado, contudo, os outros candidatos não atingiram o número mínimo de votos exigidos (30 mil).

    O candidato mais votado do país também representa a legenda. Eduardo Bolsonaro (PSL) foi reeleito com 1.843.735 de votos, o que representa 8,74% do total de válidos. Em Tatuí, ele foi o terceiro mais votado, com 3.205 votos, 5,92% dos válidos.

    O segundo deputado federal mais votado no município foi Samuel Moreira, do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), com 7.115 votos, (13,15%). No Estado, Moreira teve 103.215 votos e foi reeleito.

    Os outros dois candidatos que residem em Tatuí e disputavam vaga para a Câmara Federal receberam juntos, 1.025 votos na cidade.

    Entre eles, o melhor colocado foi Jeferson de Camargo, do Avante, com 533 votos em Tatuí. No geral, ele recebeu mais 55 votos, chegando a 588.

    André Aparecido da Rocha, do PDT (Partido Democrático Trabalhista), teve 1.462 votos no Estado, sendo 492 no município. Ambos não foram eleitos.


    Publicidade
    EleService institucional
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional
    CVC
    Liderança Ferramentas

    DEIXE UM COMENTÁRIO

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome