Notas policiais

514
Publicidade
  • Morador de rua tem carteira furtada enquanto ‘cochilava’

Um morador de rua de 55 anos foi furtado, na manhã de segunda-feira, 15, enquanto dormia em uma calçada da avenida Coronel Firmo Vieira de Camargo. A vítima informou o crime à Delegacia Central algumas horas depois de descobrir o furto.

Conforme relatado, o andarilho estava deitado na rua e, por volta das 7h, percebeu que tivera a carteira levada por criminosos. Segundo a vítima, R$ 100 e documentos pessoais estavam dentro do acessório.

O morador de rua acusou um andarilho pelo furto. O homem desconhecido teria passado a noite perto do local onde a vítima dormia. O homem ainda disse à PC que tentara procurar o suspeito pelas redondezas, mas não conseguiu localizar o acusado.


  • Caminhão ‘pega fogo’ em rua do CDHU com carga de grama

Um caminhão pegou fogo no CDHU, na noite de domingo, 14. O proprietário do veículo informou o crime à PC na manhã de segunda-feira, 15.

Segundo o boletim de ocorrência, o caminhão – um Ford Cargo modelo 2422 – estava estacionado na rua Otávio Fiusa quando começou a pegar fogo. Vizinhos do proprietário perceberam o incêndio e foram até a casa dele, para avisá-lo.

Publicidade

O homem acionou o Corpo de Bombeiros e as chamas foram contidas por uma equipe da corporação. Ainda conforme o BO, o caminhão estava carregado com 871 metros de grama “esmeralda”.

O proprietário estima prejuízo de R$ 2.600 com a carga, além da perda de um “GPS”, uma câmera de ré, um som automotivo da marca Pionner, um tacógrafo, documento de rodagem e a nota fiscal da carga.


  • Idoso dá dinheiro para ajudar suposto parente e sofre golpe

Um aposentado de 65 anos, morador do bairro Enxovia, foi vítima de golpe na tarde de sexta-feira, 12. A vítima procurou o plantão da Polícia Civil no sábado, 13, por volta das 16h, para informar o crime.

Segundo o boletim, o idoso recebeu uma ligação de um suposto primo da esposa dele, na qual o homem dizia que estava com o veículo quebrado e precisava de dinheiro para pagar o conserto.

O suposto parente teria passado os dados da conta bancária em nome de um terceiro e pedido para que fosse depositado R$ 1.500 e, depois, mais R$ 500. Os depósitos foram feitos e, posteriormente, o estelionatário teria ligado pedindo mais R$ 1.000 para pagar o mecânico.

Ainda de acordo o BO, após o último pedido, a vítima desconfiou da ação e não realizou o depósito. A vítima ainda relatou que entrara em contato com o primo da esposa, porém, as ligações não foram atendidas.


  • Ladrão invade casa, foge sem nada e solta ‘pitbull’ da vítima

Criminosos invadiram uma casa no residencial Santa Cruz, na quinta-feira, 10, e, após uma tentativa de furto, fugiram do local sem levar nada. Contudo, teriam soltado um “pitbull” da proprietária da residência.

Conforme a vítima, uma mulher de 24 anos, informou à PC, o bandido entrou na casa, entre 9h30 e 14h, escalando um muro e arrombando uma janela dos fundos. O ladrão teria tentado levar uma televisão, removendo-a do suporte, porém, teria desistido da ação e deixado o objeto em cima de uma cama.

Ainda de acordo com o relato, o ladrão teria aberto o portão que cercava o cão da família, um cachorro da raça “pitbull” de cor branca, com manchas marrons, o qual teria fugido após a ação do ladrão.

A mulher não apontou suspeitos ou testemunhas e nenhum objeto desapareceu do local, apenas o animal, que, segundo a proprietária, fora visto por vizinhos perambulando pelo bairro.

Publicidade