Bolsonaro tem 62,13% dos votos em Tatuí

    Presidencial conquistou a preferência de 36.404 eleitores; confira a votação completa

    1272
    Publicidade
    Liderança Ferramentas
    EleService institucional
    Coplaspel
    CVC
    Sta Tereza institucional
    Alessandra Bonilha, dra

    Mais da metade dos eleitores de Tatuí preferiu Jair Messias Bolsonaro para o cargo de presidente da República. Na votação em primeiro turno, domingo, 7, o candidato do PSL (Partido Social Liberal) obteve 36.404 votos, correspondentes a 62,13% dos válidos no município.

    Bolsonaro teve 27.021 votos a mais que Geraldo Alckmin, do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira). Segundo colocado na cidade, ele recebeu 9.383 votos, o que equivale a 16,01% dos contabilizados.

    O candidato Ciro Gomes, do PDT (Partido Democrático Trabalhista), ficou em terceiro lugar no município. Ele conseguiu angariar 4.666 votos, 7,96% dos válidos.

    O petista Fernando Haddad, que polarizou as preferências dos brasileiros com Bolsonaro, ficou em quarto lugar nas urnas de Tatuí. Ele obteve 4.482 votos, o equivalente a 7,65%.

    Também obtiveram votos na cidade: João Amoedo, do Novo (Partido Novo), que conquistou 2,54% dos eleitores tatuianos, totalizando 1.487 votos, e Henrique Meirelles, do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), com 602 votos, contabilizando 1,03% dos válidos.


    Publicidade
    EleService institucional
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional
    CVC
    Liderança Ferramentas


    Os outros candidatos à Presidência ficaram com menos de 1% da preferência em Tatuí. Álvaro Dias, do Pode (Podemos) teve 0,93%, com 542 votos; Marina Silva, da Rede (Rede Sustentabilidade), 0,78%, com 459; Cabo Daciolo, do Patri (Patriota), 0,49%, com 290 votos; e Guilherme Boulos, do Psol (Partido Socialismo e Liberdade), 0,39%, com 231 votos.

    Os resultados incluem, ainda, 25 votos para Eymael do DC (Democracia Cristã); 13 para a candidata Vera, do PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado); e 10 para João Goulart Filho, do PPL (Partido Pátria Livre).

    Em Tatuí, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou 58.594 votos válidos para presidente da República, dos 65.036 eleitores que compareceram às urnas. Os votos em brancos somaram 2.294 (3,53%) e os nulos, 4.148 (6,38%).

    No Estado, Bolsonaro obteve 53% dos votos válidos. O percentual equivale a 12.378.012 votos entre os 33.032.372 contabilizados nos 645 municípios paulistas. Em todo o Estado, os votos brancos somaram 837.211 e os nulos, 1.740.759.

    Haddad teve a preferência de 16,42% dos eleitores no percentual dos votos válidos no Estado. Ele registou 3.833.982 votos, contra 2.650.440 conquistados por Ciro Gomes. O candidato do PDT totalizou 11,35% dos votos válidos.

    Alckmin recebeu 2.224.049 votos (9,52% dos válidos), Amoêdo somou 1.062.118 (4,55%), Daciolo ficou com 274.672 (1,18%), Meirelles recebeu 267.725 (1,15%), Marina Silva teve 262.050 (1,12%), Boulos somou 187.451 (0,80%), Álvaro Dias contabilizou 177.949 (0,76%), Eymael obteve 14.462 (0,06%), Vera teve 12.434 (0,05%) e João Goulart Filho totalizou 7.435 (0,03%).

    Em todo o país, Bolsonaro apresentou desempenho superior aos concorrentes. O deputado fluminense somou 49.276.897 votos (46,03% dos válidos), indo para o segundo turno contra o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad. O petista recebeu 31.341.997 votos (29,28%). A eleição será decidida no próximo dia 28.

    Na sequência, aparecem Ciro Gomes (PDT), que ficou de fora do segundo turno, recebendo 13.344.353 votos (12,47% dos válidos), e Geraldo Alckmin (PSDB), com 5.096.341 (4,76%). Os demais tiveram 4,96% dos 107.050.550 votos válidos. Os brancos e nulos, no país, somaram 3.100.936 e 7.206.202, respectivamente.

    Já na disputa pelo Senado, tanto em Tatuí como no Estado de São Paulo, os candidatos Major Olímpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB) tiveram a maioria dos votos. Na cidade, Olímpio obteve 26.602 votos (29,83% dos válidos) e Mara, 22.115 (24,80%).

    O percentual local é maior que o obtido por eles no Estado, onde Olímpio conquistou 9.039.717 votos, o que corresponde a 25,81% dos válidos, e Mara, 18,59%, com 6.513.282 dos votos válidos.



    O candidato Tripoli (PSDB) ficou em terceiro lugar em Tatuí, com 13.091 votos (14,68%) e em quarto lugar no Estado, com 3.154.058 votos (9% dos válidos), enquanto a candidata Maurren Maggi aparece em quarto lugar na preferência dos tatuianos, com 6.224 votos (6,98%) e em quinto no Estado, com 8,51% (2.979.856 votos).

    O petista Eduardo Suplicy, que aparece como o terceiro mais votado no Estado de São Paulo, com 13,32% dos válidos (4.667.565 votos), recebeu 5.904 (6,62%) em Tatuí e ficou atrás de Mário Covas Neto (Pode), que teve 5.952 votos (6,67%).

    Na cidade, também tiveram votos: Diogo da Luz (3.026), do Novo; Jair Andreoni, do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), cuja votação o TSE considera “anulada” porque a candidatura tem pendências ainda não julgadas; Jilmar Tatto (1.930), do PT; e Cidinha (1.054), do MDB.

    O eleitorado tatuiano votou, ainda, em Antonio Neto (830), do PDT; Educador Daniel Cara (707), do Psol; Professora Silvia Ferraro (694), do Psol; Marcelo Barbieri (449), do MDB; Kaled (anulados), do DC; Pedro Henrique de Cristo (279), da Rede; Moira Lázaro Mandato Coletivo (197), da Rede; Dra. Eliana Ferreira (97), do PSTU; Mancha (28), do PSTU; e Nivaldo Orlandi (anulados), do PCO.

    Dória tem 49,39% dos votos em Tatuí

    Eleito para concorrer no segundo turno a governador de São Paulo, no domingo, 5, o tucano João Dória (PSDB) recebeu 49,39% dos votos válidos em Tatuí. O percentual é bem maior que o obtido pelo candidato no Estado. Dória registrou 31,77% na soma dos 645 municípios, totalizando 6.431.555 de votos.

    Em Tatuí, o candidato do PSDB recebeu 25.733 votos. Ao todo, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou 52.098 votos válidos na cidade. Os brancos somaram 4.446 e os nulos, 8.492.

    O segundo candidato mais votado no município foi Paulo Skaf (MDB), com 9.626 votos (18,48% dos válidos), seguido de Márcio França (PSB), que obteve 7.797 (14,97%); Rodrigo Tavares (PRTB), com 2.923 (5,61%) e Luiz Marinho (PT), com 2.438 votos (4,68%).

    Os tatuianos votaram, ainda, em Major Costa e Silva (1.967 votos), do DC; Rogério Chequer (785), do Novo; Professora Lisete (758), do Psol; Marcelo Cândido (anulado), do PDT; Professor Cláudio Fernando (48), do PMN; Toninho Ferreira (23), do PSTU; e Lilian Miranda (anulado), do PCO.

    No Estado, os candidatos João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) decidirão em segundo turno, no próximo dia 28, quem será o futuro governador de São Paulo.



    O atual vice-governador obteve 4.358.887 votos (21,53%) no primeiro turno. Paulo Skaf (MDB) recebeu 4.269.743 votos (21,09%) e ficou em terceiro, seguido de Luiz Marinho (PT), que angariou 2.563.922 votos (12,66%), e Major Costa e Silva (DC), que totalizou 747.462 votos (3,69% dos válidos).

    Os demais candidatos ao governo de São Paulo aparecem na sequência: Rogério Chequer (673.102); Rodrigo Tavares (649.729); Professora Lisete (507.236); Marcelo Cândido (anulados); Professor Cláudio Fernando (28.666); Toninho Ferreira (16.202) e Liliam Miranda (anulados).

    Estaduais votados

    Em Tatuí, os candidatos mais votados para a Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) neste domingo, 7, foram os residentes na cidade. Juntos, os três candidatos receberam 26.726 votos, o que corresponde a 71,33% dos válidos.

    O ex-prefeito e ex-deputado Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, do PSDB, encabeça a lista, com 16.395 votos (43,7% dos válidos). No Estado, o ex-prefeito alcançou 30.879, mas não teve os votos contabilizados pelo TSE.

    Na sequência, aparece o vereador Luís Donizetti Vaz Júnior, do Podemos, com 5.701 votos (15,22%) na cidade e, na votação geral, considerando os obtidos em todo o Estado, 20.854.

    Rodolfo Hessel Fanganiello, do PSB, foi o terceiro mais votado na cidade. O atual vereador obteve 4.135 votos em Tatuí (12,08% do total de válidos). Nas outras cidades, o candidato teve mais 6.382, chegando a 10.517.

    A candidata mais votada no Estado, Janaina Paschoal, do PSL, eleita com 2.060.786 de votos (9,88% do total de válidos), foi a quarta colocada. Ela obteve a preferência de 4.492 dos eleitores tatuianos (11,99%).



    Na quinta colocação, aparece o candidato Claudinei do Proerd, do PSL, com 1.454 votos em Tatuí (3,88%). No Estado, o total de votos do político foi de 8.532 (0,04% dos válidos). Ele não foi eleito.

    O segundo candidato mais votado no Estado, Arthur Mamãe Falei, do Dem (Democratas), conquistou 478.280 votos (2,29%) e, na cidade, ocupa a sexta posição na lista dos mais votados, com 931 votos (2,48%).

    Os tatuianos votaram, ainda, em Carlos Cezar, do PSB (789), eleito com 115.566 no Estado; Edson Giriboni, do PV (754), não eleito (59.701 votos no total); Rodrigo Gambale, do PSL (694), eleito com 86.981 votos; Coronel Telhada, do PP (608), eleito com 214.445 votos; e Márcia Lia, do PT (577), eleita com 63.751 votos.

    Entre os 15 mais votados na cidade, aparecem Gilmaci Santos, do PRB (560), eleito com 82.678 votos; Rita Passos, do PSD (504), não eleita (54.341); Gil Diniz, do PSL (468), eleito com 214.037 votos; e Dra. Damaris Moura, do PHS (415), eleita com 45.103 votos no Estado.

    Os políticos que representam outras cidades e regiões obtiveram 10.741 votos, fracionados entre 1.899 concorrentes. A votação total dos candidatos “forasteiros” em Tatuí representou 28,67% dos válidos.

    Para deputado estadual, os brancos e nulos somaram 27.569 votos (5.162 em branco e 22.407 em nulo), restando, assim, 37.467 votos válidos.

    Na votação para deputado federal, nas eleições de domingo, os três candidatos residentes na cidade obtiveram 18.510 votos atribuídos por eleitores de Tatuí. No total, essa votação corresponde a 34,2% dos 54.124 votos validados no município para deputado federal. Brancos e nulos somaram 10.912, sendo 4.882 e 6.030, respectivamente.

    A lista dos deputados federais mais votados em Tatuí é encabeçado por José Guilherme Negrão Peixoto (Guiga Peixoto), do PSL, que angariou 17.485 votos no município (32,31% dos válidos) e, no Estado, chegou a 31.718 votos, sendo o primeiro deputado federal eleito por Tatuí (reportagem nesta edição).

    O candidato mais votado do país também representa a legenda. Eduardo Bolsonaro (PSL) foi reeleito com 1.843.735 de votos, o que representa 8,74% do total de válidos. Em Tatuí, ele foi o terceiro mais votado, com 3.205, 5,92% dos válidos.

    Os outros dois candidatos que residem em Tatuí e disputavam vaga para a Câmara Federal receberam, juntos, 1.025 votos na cidade.

    Entre eles, o melhor colocado foi Jeferson de Camargo, do Avante, com 533 votos em Tatuí. No geral, ele recebeu mais 55 votos, chegando a 588. André Aparecido da Rocha, do PDT, teve 1.462 votos no Estado, sendo 492 no município. Ambos não foram eleitos.

    Por sua vez, os candidatos que não moram em Tatuí receberam 35.614 votos, o que corresponde a 65,8% dos votos válidos.

    O segundo deputado federal mais votado no município foi Samuel Moreira, do PSDB, com 7.115 votos (13,15%). No Estado, Moreira obteve 103.215 votos e foi reeleito.

    Joice Hasselman, do PSL, segunda mais votada no Estado, obteve a preferência de 1.508 eleitores tatuianos e foi a quarta candidata no ranking da cidade, com 2,79% dos válidos.



    Para a Câmara dos Deputados, os eleitores locais ainda votaram em Celso Russomanno (1.500 votos), do PRB; Roberto de Lucena (980), do Podemos; Tiririca (806), do PR; Kim Kataguiri (756), do Dem; Renata Abreu (737), do Podemos; Jeferson Campos (688), do PSB; e Milton Vieira (562), do PRB, todos eleitos pelo Estado de São Paulo.

    Ainda estiveram entre os mais votados em Tatuí os candidatos: José Aníbal (550), do PSDB; Padre Silvio Andrei (524), do PR; e Thereza Collor (480), do PSDB, mas nenhum deles foi eleito para representar o Estado na capital federal.

    Publicidade
    EleService institucional
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional
    CVC
    Liderança Ferramentas

    DEIXE UM COMENTÁRIO

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome