Notas policiais

719
Publicidade
  • Casa da v. São Paulo é invadida e 2 homens sofrem agressões

Uma casa foi invadida por volta das 17h de terça-feira, 6, na vila São Paulo. Dois irmãos foram espancados e uma bicicleta acabou levada do local. A ocorrência foi registrada no plantão policial na manhã de quarta-feira, 7, quando a Polícia Militar foi acionada.

Segundo o boletim de ocorrência, o proprietário da casa, de 43 anos, levou 13 pontos na cabeça, após ser agredido com socos e pauladas, enquanto dormia, por volta das 17h.

A vítima foi socorrida pela ex-mulher, que o levou ao Pronto-Socorro Municipal e o abrigou até a manhã seguinte. Por volta das 7h30, quando a vítima voltou para casa, deparou-se com o irmão, pouco mais velho, desmaiado no chão e com ferimentos graves na cabeça.

Conforme afirmou, o irmão trabalha em uma cerâmica e tinha o hábito de visitá-lo depois do expediente, sempre por volta das 17h.

A Polícia Militar foi acionada e o homem, socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com traumatismo craniano. Durante a presença dos policiais, o proprietário da casa sentiu falta da bicicleta do irmão, a qual acredita que fora furtada após as agressões.

Publicidade

Indagado a respeito de ambas as agressões, o homem informou que tanto o irmão quanto ele não possuem dívida de drogas nem de outras naturezas, não sabendo o motivo das invasões.


  • Comerciante usa barra de aço para inibir tentativa de roubo

Na quinta-feira, 8, um comerciante usou uma barra de aço para evitar roubo no comércio dele, localizado na vila Brasil. Segundo a Polícia Militar, Jonatan Camargo Prado, 22, entrou no estabelecimento ameaçando o proprietário com uma faca estilo “açougueiro” e exigindo dinheiro.

A vítima repeliu a ação usando a barra que utiliza para fechar a porta do comércio. O fato foi informado à PM, que pouco tempo depois, apresentou o acusado na Delegacia Central, onde recebeu voz de prisão e permaneceu à disposição da justiça.


  • Dois furtam carteira e fazem compras com cartões levados

Dois ladrões furtaram a carteira de uma mulher, na rua Coronel Lúcio Seabra, na manhã de quinta-feira, 8, e gastaram mais de R$ 500 em compras com o cartão da vítima, uma aposentada de 62 anos.

Conforme a mulher relatou à Polícia Civil, ela estava conversando com uma amiga na rua, por volta das 11h45, quando dois homens se aproximaram em uma moto.

O passageiro desceu ao encontro dela e puxou-lhe a carteira que segurava nas mãos. Diversos cartões bancários, R$ 25 em notas e documentos pessoais foram levados.

A vítima informou que, em menos de uma hora após o furto, começara a receber mensagens no celular, com avisos automáticos do banco, informando que um dos cartões levados fora utilizado em uma loja de cosméticos, sendo gasto o valor de R$49,90. Posteriormente, houve outras mensagens relatando mais gastos em lojas diversas.

Alguns cartões foram bloqueados, mas a vítima não soube informar se aconteceram outros gastos no nome dela. Até agora, o prejuízo foi de R$ 545.


  • Homem oferece “ajuda” para fechar portão e furta celular

Uma mulher teve o celular furtado na tarde de quarta-feira, 7, na rua 11 de Agosto. O autor do crime seria um homem que ofereceu ajuda à vítima.

De acordo com a ocorrência registrada no plantão policial, a mulher estava saindo de carro com o filho quando um homem que passava na rua, em frente à casa dela, ofereceu-se para fechar o portão da garagem e ela aceitou.

A vítima relata que, depois disso, voltou para casa e notou a falta do aparelho, que estava guardado em um salão de beleza em frente à residência da vítima e que dá acesso à garagem.


  • Residência arrombada sofre furto no bairro Colina Verde

Uma casa foi invadida e furtada na tarde de terça-feira, 6, no bairro Colina Verde. O crime foi relatado pela vítima, que procurou o plantão policial na manhã de quarta-feira, 7.

O proprietário informa que arrombaram a porta de entrada da casa e, após forçarem a da cozinha, tiveram acesso os demais cômodos. Quatro mochilas com roupas masculinas e femininas, uma máquina fotográfica, dois aparelhos de videogame, duas garrafas de bebidas fechadas, oito copos de uísque, uma caixa de bijuterias e oito relógios foram levados.

O proprietário acionou a GCM, que compareceu no local e orientou-o a comparecer ao plantão policial para registrar o boletim de ocorrência.

Publicidade