Policiais da Força Tática abordam 2 e esclarecem roubo no centro

Suspeitos são irmãos e ocupavam moto semelhante à usada em crime

0
2646
Capacetes apreendidos em diversas residências com suspeitos teriam sido usados em outros crimes (foto: Polícia Militar)
Publicidade
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Policiais militares da Força Tática, da 2ª Companhia da Polícia Militar, esclareceram a autoria de um assalto ocorrido no dia 8 deste mês. Eles chegaram aos nomes dos suspeitos – que são irmãos – no início da noite de terça-feira, 9.

Os militares obtiveram a confissão dos envolvidos – primeiro um; depois, o outro -, após abordarem um deles, de 29 anos. Milton Rony de Carvalho Silva dirigia uma motocicleta Honda, modelo CG Titan, KS, preta, ano 2003 e com placa de Tatuí, quando foi parado por uma guarnição, às 18h33.

Ele passava pela rua Benedito Nunes, no Jardim Santa Rita de Cássia, na companhia de uma mulher, uma faxineira de 22 anos. Os PMs notaram uma semelhança entre a numeração da motocicleta do casal e a do veículo usado por duas pessoas para roubarem uma loja de vestimenta infantil, no centro da cidade.

A equipe desconfiou da coincidência e levantou a hipótese de a placa ter sido adulterada. Em abordagem aos ocupantes, os militares não localizaram ilícitos.

(foto: Polícia Militar)

Entretanto, em pesquisa aos antecedentes de Milton Rony, os policiais descobriram que ele usara nome falso, na tentativa de “ludibriar a equipe”.

Publicidade

Como os policiais verificaram que a informação não procedia, voltaram a conversar com o suspeito. Ele, então, teria informado o nome e “confessado que estava na situação de procurado”, pelo artigo 157 (roubo à mão armada).

Na sequência, os PMs da Força Tática perguntaram ao suspeito se ele teria tido participação no roubo à loja, de onde os criminosos levaram R$ 610.

A equipe informou que o capacete usado pelo motorista era idêntico ao de um dos envolvidos no assalto. De acordo com os militares, Milton Rony teria confessado o crime e dito que o praticara com o irmão, menor de idade.

Na casa dele, no Santa Rita, os militares encontraram um simulacro de arma de fogo, uma blusa cinza e um capacete. Este último, conforme o acusado, teria sido usado por ele em outros roubos. Em seguida, Milton Rony levou os policiais até a casa da sogra, onde eles apreenderam outro capacete, também utilizado pelo suspeito para cometer um terceiro assalto em Tatuí.

Os militares ainda seguiram para a casa da mãe do acusado. Com apoio do Canil da corporação e da viatura 222, a equipe encontrou o menor de idade.

Segundo a equipe, o adolescente também confessou participação no roubo ao estabelecimento. Ele também teria assaltado um açougue, uma padaria e uma casa de frios.

Após o flagrante, os militares conduziram os suspeitos ao plantão da Polícia Civil. Lá, a dupla teria sido reconhecida pelas vítimas. Entretanto, o irmão maior de idade permaneceu detido e o menor, depois da elaboração da ocorrência, acabou sendo liberado ao pai, após assinatura de termo de compromisso.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade