Espetáculo de dança ‘IN-SANO’ retratará violência e referências

Apresentações serão no CEU das Artes e nos dias 3 e 4 de fevereiro

0
2156
Espetáculo de companhia de danças urbanas ST DNC terá entrada franca (foto: divulgação)
Publicidade
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O teatro do CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” receberá, no primeiro final de semana de fevereiro, o espetáculo performático de dança “IN-SANO”. A apresentação está agendada para os dias 3 e 4, um sábado e um domingo, respectivamente, às 19h.

Trata-se do terceiro trabalho da companhia de danças urbanas ST DNC. O espetáculo tem, aproximadamente, 40 minutos de duração e classificação indicativa de 12 anos de idade.

De acordo com o diretor artístico da companhia e responsável pela dramaturgia, Mat Kaytan, IN-SANO é um “hospício clandestino e sombrio”. No local, um médico psicopata mantém sete pessoas como prisioneiros, maltratando e abusando dos mesmos de forma física e psíquica.

Entretanto, o diretor ressalta que cada pessoa detida possui um “pecado/fragilidade”. E eles demonstrarão, para o público, a história de vida em performance de dança. A trajetória individual é recontada até a chegada ao manicômio.

“O público será a testemunha da tentativa de libertação dos pacientes do cativeiro e estará interligado ao espetáculo de maneira interativa”, ressaltou o diretor.

Publicidade

De acordo com ele, menores de 12 anos e pessoas com fobias devem estar cientes de que não poderão assistir ao espetáculo, uma vez que ele retratará a violência por meio do enredo e carrega “referências censuradas no dia a dia”.

Por meio de nota enviada pela Prefeitura, Kaytan acrescentou que, o objetivo central da companhia é retratar essas referências de maneira artística e performática.

O espetáculo de dança tem como bailarinos e atores: Amanda Letícia, Júlia Ferraz, Juliano Gabriel, Marcelo Ferraz, Mat Kaytan, Thais Leme, Victor Oliveira e Wellington Vieira. A sonoplastia é assinada por Wellington Rodrigues.

A iluminação estará a cargo de Kaique Cabral, com maquiagem sendo feita por Julia Ferraz e Mat Kaytan, também responsável pela concepção de figurino e cenário. Atuam como contrarregras Cesar Santos e Josué Laranjeira.

O grupo recebe apoio da Garagem & Cia, Apodet (Associação de Portadores de Deficiência de Tatuí) e da Prefeitura, por meio do CEU das Artes.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade