‘Defesa’ vai ter novo coordenador a partir do mês de fevereiro

    0
    1112
    Publicidade
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional
    EleService institucional
    Eletrofer
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

    A Defesa Civil terá novo coordenador a partir do mês que vem. Adriano Henrique Moreira, que já foi comandante da Guarda Civil Municipal, deverá assumir o posto em fevereiro, conforme informou o atual responsável. João Batista Alves Floriano deixará o cargo por conta de aposentadoria.

    “Permaneço até o dia 31 deste mês, e, com a minha saída, a estrutura da Defesa Civil fica mantida, até porque a prefeita (Maria José Vieira de Camargo) tem feito um excelente trabalho no que diz respeito ao órgão”, declarou.

    Floriano ocupa as funções de coordenador e adjunto da DC. Ele explicou que, com a saída, a Prefeitura poderá optar por nomear duas pessoas para os cargos ou indicar apenas uma. “A decisão fica a cargo do setor administrativo”, informou.

    Segundo o representante, os cargos têm obrigações distintas, sendo um voltado para a área da escrituração (o de adjunto) e outro para determinar ações (coordenador). Ambas as funções contam com assessoramento do gabinete de governo, incluindo todos os secretários municipais que integram a Comdec (Coordenadoria Municipal de Defesa Civil) juntamente com a prefeita.

    Floriano deixará a Defesa Civil municipal após 11 anos e dez meses na função. Ele ingressou no órgão em 2006, a convite do então tenente Miguel Ângelo de Campos. A DC havia sido reestruturada um ano antes, em 2005, no primeiro ano de gestão do então prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

    Publicidade
    EleService institucional
    Eletrofer
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra
    Sta Tereza institucional

    Desde então, a ocorrência que exigiu maior mobilização do órgão foi a enchente no distrito de Americana no ano de 2007. “Ficamos 15 dias com água no teto das casas. Sem dúvida nenhuma, essa foi a ocorrência de maior vulto”, lembrou.

    Floriano conta que a situação exigiu preparo da equipe e permitiu um “amadurecimento”. A partir da inundação e com apoio dos moradores, a DC criou o Nudec (Núcleo Comunitário de Defesa Civil), responsável por monitorar o nível dos rios Sorocaba e Tatuí. Os cursos d’água se encontram no bairro.

    Para o atual coordenador, tanto o Nudec como outros grupos comunitários devem continuar a receber atenção. Floriano destacou que, além de experiência no tocante às normas, o próximo responsável deve “conquistar as comunidades”.

    Segundo ele, para que a DC possa dar o atendimento esperado, precisa manter a confiança dos moradores. “Temos um período de calmaria em boa parte do ano, mas há momentos em que somos exigidos e precisamos estar prontos para o socorro. E aí a confiança da população é fundamental”, argumentou.

    Segundo ele, o socorro ao distrito de Americana, em 2007 é exemplo do que pode ser realizado quando há empatia. Floriano disse que a comunidade colaborou com o órgão por entender que poderia acreditar nos membros.

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
    Publicidade
    Sta Tereza institucional
    Eletrofer
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    Coplaspel