Tatuí, 30 de Abr de 2017
Tatui
+18...+30° C
  • Peixinho
  • Cláudio Aldecir - em 05/03/2016 07:58:21

    foto: Arquivo Cláudio Aldecir

    A foto de 1957 mostra o “Segundão” ou Aspirantes, como também chamavam, do São Paulo no Pacaembu. Ainda sem o Morumbi – em ritmo de construção –, o tricolor, o que poucos sabem, tinha seu estádio justamente no local onde a Portuguesa de Desportos possui o atual Estádio “Oswaldo Teixeira Duarte”, no bairro do Canindé.

    Negociações levaram o tricolor a adquirir, no então longínquo Morumbi, bairro ainda em formação, seu espaço para a construção. Área que seria, para a época, o maior estádio particular do mundo.

    Na foto, está o atacante autor do primeiro gol inaugural do estádio, em 2 de novembro de 1960, Peixinho. Ponta habilidoso que, além do tricolor, passou pelo Santos, Bangu, XV de Piracicaba, Ferroviária de Araraquara e futebol norte-americano.

    Dizem que filho de peixe, peixinho é. O ditado popular caiu-lhe bem, pois o pai do jogador, o atacante Peixe, fez sucesso no futebol paulista nos anos 1940.

    Em pé, a partir da esquerda, estão: Sérgio Lopes (craque habilidoso que jogou depois no Grêmio e Inter, entre outros); Liminha; Salvador; Narciso; Valter; Laurindo; e Caxambu (histórico goleiro do tricolor nos anos 1930 e 1940, era o treinador). Agachados: Paulinho, Peixinho, Juraci, Celsinho e Vanderlei.

    Curiosas histórias e grandes recordações.

    NOTA: As fotos são do arquivo pessoal do autor, que data de 50 anos. Ele, como colecionador e historiador do futebol, mantém um acervo não somente de fotos, mas de figurinhas, álbuns, revistas, recortes e dados importantes e registros inéditos e curiosos do futebol, sem nenhuma relação como os sites que proliferam sobre o assunto na rede de computadores da atualidade.